Antonival Zirr

sábado, 21 de novembro de 2009

A saudade mostra que o tempo é eterno

 

Fotoa 014 

Há! saudade, saudade, o tempo que não volta. Descobri um dom que tenho, o dom de ver o futuro, me via hoje nesse exato momento, sem a bisa, e lá ao lado dela, via o futuro, o mais engraçado é, somos tão egoísta, que mal gastamos a vida, com as coisas que eu chamo de pequenez da vida, reclamando de uma coisa a li e outra aqui.

O que posso dizer é toda a minha vida esteve e sempre está nessa pessoa maravilhosa. Uma gota que sai dos olhos adoça a rigidez, adoça a vida, na simplicidade, na ternura. E assim eu acordo a cada novo dia, com a gratidão a Deus por ter vindo a essa vida e na oportunidade de está ao lado de uma pessoa simples e batalhadora.

Fotoa 017 

Recordo-me no dia da minha partida, como querendo bastar a si mesmo. 17 anos depois eu voltei. Ela me disse com o brilho nos olhos, era alegria misturado com emoção; " Eu sabia que um dia meu menino iria voltar pra mim", 3 meses depois ela partiu de vez.

Eu sabia do acontecido pela minha capacidade de ver o futuro, de observar nos ambientes que atuo, e ver as coisas antes mesmos de acontecerem, sabia porque sentia em meu espírito um chamando, compreendia naquele dia o porque tinha que voltar, voltar para está próximo da partida.

A muitos anos, dever ter sido a uns 20 anos atrás, tinha um terreno do lado da casa dela, uma turma invadiu e começaram a fazer uns barracos no terreno. Ela chamou a policia. Quando o policial não conseguiu tirar a turma do barraco, ela apontou o dedo para o policial e disse, vocês não são homens não é!, arregalei os olhos, o policial perdeu a voz, ela foi na casa de todos os vizinhos e deu uma bronca em cada um para pegar a vassoura juntou um bando para expulsar a turma do barraco, o policial interviu. Só sei que o policial ficou de plantão o dia inteiro, ela chamou todos os policiais para comer a delicia da comida dela, até eu estava lá. Quando foi a tarde veio um velho da policia e disse para a turma do barraco, em uma hora eu volto, com os cavalos e vou passar por cima te todos, mais nem que eu tenha que matar um. Nossa a coisa pegou, hoje no terreno tem uma praça.

Fotoa 016

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para que eu possa ter um controle e melhorar o blog. Registre sua visita. Obrigado Zirr