segunda-feira, 1 de junho de 2009

A palavra que tem conteúdo

 

O conhecimento nunca ocupa espaço na mente. 

A ignorância que ocupa o espaço do conhecimento.


Ouço todos os dias, palavras sem vida e conteúdo, quando algumas chegam a minha faculdade de ouvir, sejam direcionadas para me agredir ou não, reflito e aumento minha atenção, justamente para não dar vida a esse pensamento que criou vida na boca daqueles que não tem consciência sobre essa realidade.

adntm_mente_thumb6

 Como já comprovei em meus estudos, toda palavra mal gasta, não tem vida e não geram energias, por isso que elas saem tão rápido das mentes humanas, que muitas vezes já se alojam em outras mentes, que aquele primeiro que deu vida a esse pensamento em palavra falada ou escrita, ele mesmo nem se dá conta dessa realidade, justamente como disse no inicio, não existe consciência para poder dar conteúdo a sua utilização da palavra.

Eis ai a importância de ficar no silêncio e observando o pensamento, ir procurar outras moradias para se alojar. A palavra que tem conteúdo, está protegido pelo conhecimento.

lingua[1]_thumb[6]  O que se pode esperar da mente que dar moradia aos pensamentos sem utilidades e sem vida? Uma vida morta, porque não existe na mente a luz do fulgor da inteligência.

Finalizo em minhas reflexões que, toda mente que cria e alimenta os pensamentos do mal, está afastado de seu próprio espírito. “Único intermediário aceitável para chegar a Deus”

A mente que tem o conhecimento e é consciente de todas as realidades da vida, sabe como a mesma atua, pois comprova essa realidade na vida “ainda em seu existir físico”.

LCM5 A primeira imagem acima, é apenas ilustrativa, mais o conceito das palavras deixada nessa imagem está totalmente errada. A mente de cada ser, é uma só, o que difere uma mente de um ou outro individuo, são os pensamentos que abitam essa mente. Por que os pensamentos são os agentes psicológicos que dão conteúdo e vida a esse individuo que pensa ou não, ou apenas é joguete dos pensamentos que tem vida própria.

Se quiser saber mais sobre esse novo conceito da mente e os pensamentos. Leia o livro de González Pecotche.
Click aqui para acessar o livro na Editora