Antonival Zirr

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

A lanterna de Diógenes



O tempo é o espelho 

                     da eternidade

Diógenes, lanterna acesa, procurando um homem honesto,

tela de Jacob Jordaens - 1642



Diógenes de Sínope:
1- Busco um homem honesto. 
2- Elogiar a si mesmo desagrada a todos.
3- O amor é uma ocupação de quem não tem o que fazer.
4- O insulto ofende a quem o faz e não a quem o recebe.
5- A sabedoria serve para consolar os velhos, para enriquecer os pobres e para enfeitar os ricos.
6- A liberdade para falar é a coisa mais bela para um homem.
7- O tempo é o espelho da eternidade.
8- Sou uma criatura do mundo.

Desses pensamentos de Diógenes, o no. 1) eu já encontrei e pior ainda não sou eu. 
Para ser um homem honesto há que ter muito conhecimento.
Você pensa que a honestidade abarca só o coração é?
Se pensa assim: toda vez que for honesto com o outro, vai ser desonesto a si mesmo "risos".
O pensamento 3-sugere que Diógenes mentia para seu próprio coração. Se perguntasse para qualquer estudante de Logosofia, ele diria que Diógenes não sabia que sua mente funciona como  a imagem de um sistema, na parte do coração a atuação do sistema sensível, que eleva ao conhecimento superior aquém de qualquer especulação intelectual ou filosófica.                   
O pensamento 6 -
Prefiro trocar a liberdade de falar pela liberdade de pensar.
E por fim, eu fico com o pensamento:
7- O tempo é o espelho da eternidade.
                    Por amor se faz qualquer coisa, se faz muitas besteiras também.

                    Na reflexão de Diógenes,    deixo esse vídeo como indicação 




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para que eu possa ter um controle e melhorar o blog. Registre sua visita. Obrigado Zirr